BRINCANDO COM O PASSADO E REFLETINDO SOBRE O PRESENTE

Durante o Natal toda a gente recorda com certa nostalgia a ilusão com a que os miúdos esperavam pela chegada do Pai Natal. Quando RomanArmy.eu cumpre um ano de vida, os brinquedos levam-nos a fazer uma reflexão que queremos partilhar com toda a gente.

Durante o mês de Junho do ano passado, o centro comercial Intu Asturias, situado nas proximidades de Oviedo (Astúrias), acolheu a exposição Asturias, nuestra historia en miniatura, organizada por AESClick. Nela recriam-se por meio dos conhecidos bonecos da marca Playmobil vários episódios do passado asturiano.

Entre todos houve um diorama que nos chamou especialmente a atenção: “Las legiones en tierra astur”. Representava uma complexa cena, de uns 200 personagens, onde sobressaía uma fortificação romana de planta quadrangular delimitada por uma paliçada de madeira. Completando a ação encontrava-se uma galera romana e uma calçada empedrada em fase de construção.

Fragmento do diorama “Las legiones en tierra astur”. No centro da imagem os castra legionários e em primeiro plano o acampamento extramuros de comerciantes e prostitutas que normalmente acompanhavam estes estabelecimentos

Junto a este diorama situava-se um painel explicativo que procurava ressaltar, de forma simples e amena, a importância que teve o exército romano na conquista e domínio da atual Astúrias. É oportuno referir a transcendência que se dá a estas tropas não só como força de combate, mas também como elementos fundamentais para a implementação do comércio, das infraestruturas e para o redesenho do tecido económico destes territórios já sob domínio romano.

Imagem do painel explicativo (anverso e reverso) onde se refere a presença das legiões nas Astúrias (© Texto: AESClick).

Todavia, no texto que figura no painel explicativo destaca a total ausência de referências aos acampamentos romanos de campanha (castra aestiva) localizados nas Astúrias. Ao largo desta última década foram descobertos cerca de vinte destes assentamentos de carácter temporal. Isto supôs uma mudança radical no panorama científico tal como bem reflete a realização destes quatro grandes objetivos:

  • A oportunidade de conhecer arqueologicamente um bom número de sítios vinculados à presença militar romana nas Astúrias.
  • A possibilidade de estabelecer por primeira vez tanto as linhas de avance como os movimentos das tropas romanas neste teatro de operações do Bellum Asturum.
  • A recuperação de uma importante coleção de armamento e equipamento militar relacionados com este conflito.
  • O desenvolvimento de novos métodos de trabalho para a identificação e estudo tanto destes assentamentos como das campanhas militares no seu conjunto.

Surge a pergunta do porque destes acampamentos de campanha, que constituem a evidência material mais precisa desta presença militar, ficarem de fora do discurso histórico tratado pela sociedade atual. Ainda que esta ausência se possa explicar por múltiplos fatores, cremos que se devem ressaltar dois: uma insuficiente e desigual valorização deste tipo de sítios; o escasso alcance da literatura científica entre la sociedade.

Os próprios investigadores que trabalhamos neste campo devemos assumir que algo se está a fazer mal quando não somos capazes de transmitir à sociedade o trabalho que diariamente levamos a cabo. Talvez os discursos sejam demasiado técnicos, com uma linguagem excessivamente complexa; talvez os canais de informação utilizados não sejam os mais apropriados. A verdade é que se olhamos para a nossa envolvente arqueológica conseguimos apreciar um notável desequilíbrio entre os esforços que se fazem para difundir os avances destas investigações dentro do mundo académico e o interesse por divulgar os novos conhecimentos entre as comunidades locais ou o grande público.

Iniciativas como como a desta exposição são experiências interessantes porque servem para interligar o mundo académico com o público em geral. É evidente que uns conteúdos amenos –mas rigorosos- apresentados num formato atrativo vão alcançar um maior impacto social do que uma monografia científica. Do mesmo modo, estas atividades constituem uma excelente ocasião para refletir sobre o modo em que se transmite o conhecimento, quais são os pontos fortes do nosso trabalho e os aspetos que deveriam ser melhorados.

Na coleção Playmobil. La aventura de la Historia apresenta-se de maneira didática uma recriação de um acampamento de legionário de campanha onde se assinalam os principais elementos que o compõem. Assim, o fosso, o talude de terra e as portas em clavícula coincidem com os restos das fortificações documentadas no nosso trabalho (© PLANETA DᵉAGOSTINI).

Romanarmy.eu nasceu com uma dupla vocação: tornar a comunidade partícipe das descobertas sobre a conquista romana do NW e contribuir para a construção de uma nova leitura destes episódios históricos, refutando os velhos paradigmas historiográficos e estabelecendo novas linhas interpretativas. Por isso, acreditamos que o nosso esforço no âmbito da difusão e divulgação faz mais sentido quando percebemos que este tipo de problemas continuam a perpetuar-se e a reproduzir-se.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*