VERÍN 2017

Projeto de prospeção arqueológica mediante técnicas de teledeteção dos sítios de Outeiro de Arnás e Alto do Circo (Verín, Ourense)

Lugar: Verín (Galiza).

Data de realização: 17-23, abril 2017.

Promove: Colectivo RomanArmy.

Direção: Rebeca Blanco-Rotea.

Equipa técnica: José M. Costa-García, João Fonte, Manuel Gago Mariño, Erik Carlsson-Brandt.

Outros colaboradores: Bruno Rúa, José L. Lozano Rúa, Sara Traba Rotea, Nieves Amado Rolán.

Objetivos: O objetivo principal desta intervenção foi documentar, registrar e estudar os recintos de Outeiro de Arnás e Alto do Circo, com o fim de caracterizá-los crono-tipologicamente. Para poder reconhecer melhor as suas estruturas, procedeu-se à limpeza da vegetação em determinados sectores dos sítios, facto que nos permitiu realizar um levantamento microtopográfico e
fotogramétrico das suas defesas. Por último, procedeu-se à prospeção em superfície de restos móveis que pudessem ajudar na classificação de ambos sítios. sitios.

Resultados: O reconhecimento dos sítios permitiu definir com precisão as suas defesas perimetrais e elaborar uma planimetria precisa dos mesmos. No caso de Outeiro de Arnás, a configuração das defesas e a descoberta de alguns elementos materiais permitiram-nos identificar este sítio como um pequeno assentamento militar romano. No caso de Alto do Circo, não foi ainda possível definir com precisão a que período histórico poderia pertencer este interessante recinto.

Entidades colaboradoras: Grupo de Investigación Síncrisis, Universidade de Santiago de Compostela; Instituto de Ciencias del Patrimonio, CSIC; Concello de Verín; Asociación Cultural Monterrei Cultura e Patrimonio; Asociación Cultural Alto Támega.